Logo de l'OEP

Langues et sciences - Bibliographie

Políticas da Língua e Comunicação de Ciência: a importância do multilinguismo no espaço Lusófono de conhecimento

Mis à jour : 5 Nov 2018

Anabela Gradim

Resumo

As questões de língua e poder na expressão e comunicação de ciência, com o seu impacto nas indústrias da ciência e do conhecimento, têm sido pouco trabalhadas no âmbito da Comunicação de Ciência, ordinariamente entendida como a divulgação pública de temas científicos e resultados de pesquisa junto de audiências não especializadas. Neste trabalho refletimos sobre a infra-estrutura sócio-linguística que constitui condição de possibilidade da produção e comunicação de ciência, e como na naturalização de políticas da língua em torno da Ciência se encontram inscritas estruturas de poder tanto mais eficientes quanto tendem à invisibilidade relativamente aos sujeitos que as adotam. A discussão parte da tematização de Bourdieu da economia das trocas linguísticas, e da análise das estruturas sociais de poder de Foucault. Pensando a ciência como constructo social na senda de Merton, Kuhn e Latour, defende-se a sua permeabilidade face às duas categorias anteriores e uma monitorização mais atenta das suas consequências, favorecendo a diversidade linguística.

Texto completo: PDF